Dez 06

Esse ano durante as negociações coletivas de trabalho, um dos pontos de pauta de nossa bancada era que garantisse a mãe trabalhadora gestante e lactante (a que amamenta) fora de local insalubre como sempre foi e que agora a reforma trabalhista a colocou dentro destes ambientes, tem até um vídeo meu nessa pagina defendendo essa tese. o negociador da bancada patronal simplesmente nos disse: Lei é Lei, e agora eu vejo trabalhador defendo tentando acobertar o presidente eleito esfacelar, acabar com o ministério do Trabalho o único órgão que fiscaliza esses ambientes, verifica se existe insalubridade, Periculosidade ao trabalhado... LEIA MAIS 


FONTE: STIG GUARULHOS 

written by FTIGESP

Dez 05

Hoje completa três anos que o atual presidente do sindicato patronal das gráficas do ABC e Santos e dono da gráfica Vice-Rei descumpre acordo

Nesta quarta-feira (5), completa exatos três anos que o dono da gráfica Vice-Rei (São Vicente/SP), que é o atual presidente do sindicato patronal na Baixada Santista e no Grande ABC, descumpre um acordo judicial para o pagamento de verbas rescisórias de ex-funcionários demitidos no ano de 2015. Nem mesmo uma decisão judicial que penhorou depois uma máquina da empresa no valor de R$ 450 mil foi o suficiente para o acordo ser cumprido. Até agora, a impunidade continua garantida a quem descumpre os direitos trabalhistas e o acordo firmado perante o Poder Judiciário brasileiro.

A Federação Paulista dos Gráficos (Ftigesp) repudia este empresário por desonrar o acordo e sobretudo por abandonar ao relento os ex-funcionários que dedicaram anos da vida para dar lucro à tradicional gráfica Vice-Rei. A entidade também se solidariza com todos estes trabalhadores que continuam sem receber as suas rescisões, as quais foram parceladas à época em quatro parcelas, mas sem que nenhuma fosse paga até o momento.

Não é à toa que existem processos contra a empresa na 1ª e 2ª Varas do Trabalho no município de São Vicente. A entidade estadual dos trabalhadores gráficos exige, portanto, que tudo seja pago pelo empresário, inclusive todas as multas pertinentes que crescem com o flagrante descumprimento do acordo judicial ao longo desses três anos.

O STIG Santos espera que o acordo para o pagamento das rescisões, ora realizado em 5 de dezembro de 2015, e homologado na Justiça do Trabalho em 2 de maio de 2016, seja efetivamente quitado, como determina a lei. "Esperamos ainda que a Justiça e os advogados que acompanham o processo tomem as medidas judiciais para a execução e penhora do prédio da Vice-Rei para que possam ser ressarcidos estes direitos aos trabalhadores, é o que se espera por Justiça e por Direito", diz Leonardo Del Roy, presidente da Ftigesp.

written by FTIGESP

Dez 04
Embora a cesta básica mensal não seja política de incentivo empresarial, mas um dever patronal definido pela Convenção Coletiva de Trabalho dos Gráficos, denúncias ao Sindicato da classe (Sindigráficos) revelam que a regra está sendo descumprida pela Companhia Metalgráfica Paulista em Cajamar. As queixas dizem que não é entregue o benefício ao empregado no mês em que houver falta, mesmo com atestado médico. A justificativa dada pela CIA, segundo as reclamações, é que a cesta é um incentivo para quem não falta. Porém, diferente dos profissionais metalúrgicos do local, tal política não pode ser aplicada com os trabalhadores da litografia, visto que são gráficos e a convenção especifica a obrigatoriedade da entrega de todo jeito. LEIA MAIS


FONTE: STIG JUNDIAÍ 

written by FTIGESP

Dez 04

Exercite o conhecimento e o respeito e será forte de caráter. Uma boa semana a todos os Trabalhadores e Trabalhadoras. LEIA MAIS 


FONTE: STIG GUARULHOS 

written by FTIGESP

Dez 04

O departamento odontológico atende os gráficos de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30, em Barueri. Agende sua consulta através do telefone (11) 3699-1555. LEIA MAIS

written by FTIGESP

Ir para página  1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  última