Nov 09

O Sindicato Patronal, depois de muito atraso para dar início às negociações da Campanha Salarial de 2017, e após duas rodadas de negociações nada apresentou em relação a nossa Pauta de Reivindicações, insiste na mudança da data base da categoria para o inicio do ano, período de baixíssima produção, e ainda de quebra quer acabar com a PLR, que é uma conquista dos gráficos de muitos anos. A postura intransigente dos Patrões levou a Diretoria do SINDICATO em apresentar a Notificação de Greve, dando-se o prazo de 48 horas para que o Sindicato Patronal responda ou atenda as reinvindicações dos trabalhadores gráficos, sob pena de se iniciar o movimento paredista na categoria. LEIA MAIS 

FONTE: STIG GUARULHOS 

written by FTIGESP

Nov 09

A partir de hoje (9), qualquer gráfica de Cajamar, Jundiaí, Vinhedo e região pode ter a produção paralisada, baseada na lei federal de greve, a mesma que proíbe represália aos que lutam por seus direitos atacados e que impede a contratação substituta de mão de obra enquanto durar o movimento paredista e até depois. O sindicato patronal já foi notificado anteontem pelo órgão dos trabalhadores (Sindigráficos). E só ocorreu após os patrões exigirem o fim da PLR para trocar por um abono salarial que é mais fácil de ser retirado depois. E insistirem em não renovar os 87 direitos convencionados baseados na histórica data-base da classe (1º de novembro), rompendo a tradição, com risco real da perda de validade dos direitos, a fim de pressionar pelo fim de vários deles na negociação. LEIA MAIS 

FONTE: STIG JUNDIAÍ 

written by FTIGESP

Nov 09

"Continuaremos firmes com nossa reivindicação pela manutenção da Convenção Coletiva de Trabalho!", disse o presidente do STIG Sorocaba, João Ferreira, durante a mobilização dos gráficos na empresa Carvalho e Correa Prestadora de Serviços EIRELI-ME, em Sorocaba, e Máxima Cadernos, em Itapetininga. As assembleias foram realizadas na manhã da última terça-feira (7). A categoria deixou claro que quer a manutenção dos seus direitos convencionados, além da a reposição da inflação e mais um aumento real. LEIA MAIS

FONTE: STIG SOROCABA 

written by FTIGESP

Nov 09

Campanha Novembro Azul foi lançada pelo Sindicato dos Gráficos de Santos durante o Programa Ponto de Vista. Além de falar da nova Lei Trabalhista que entra em vigor no próximo dia 11 o espaço também foi usado para a conscientização dos homens sobre a Campanha Novembro Azul-Câncer de Próstata. ASSISTA AQUI

FONTE: STIG SANTOS 

written by FTIGESP

Nov 07

Uma rodada de negociação extra será realizada hoje (7) entre patrões e trabalhadores gráficos paulistas na tentativa de evitar o fim das tratativas e o início do acirramento da luta entre classes através de paralisações e até greve. O clima 'azedou' na última semana após o sindicato patronal ter rompido uma tradição de garantir a data-base da categoria enquanto dura a campanha salarial. Sem tal manutenção, os 87 direitos coletivos da classe perdem a validade. A reação obreira logo ocorreu. Em menos de 24 horas, mesmo sendo uma semana atípica com feriado, explodiram assembleias de funcionários organizadas por sindicatos. Elas ocorreram em gráficas de várias regiões do estado na última quarta-feira (1º) – dia que representa a data-base da classe. Uma dessas assembleias reuniu 98% dos 450 dos gráficos da Gonçalves, situada na cidade de Cajamar. LEIA MAIS 

FONTE: STIG JUNDIAÍ 

written by FTIGESP

Ir para página início  5 6 7 8 9 10 11 12 13 14  última